2008/07/23

DIZ QUE É UMA ESPÉCIE DE JORNALISMO




DEMÉTRIO ALVES PONDERA CANDIDATURA À FREGUESIA DE FRIELAS


Em texto difundido em vários blogues da especialidade, o ex-presidente da Câmara Municipal de Loures afirma “…É por estas e por outras que sou obrigado a ponderar a hipótese de, aceitando convites que me têm vindo a ser insistentemente dirigidos, candidatar-me para voltar ao activo político, de forma a poder ter a hipótese de clarificar, por uma vez, as várias insinuações caluniosas…” Demétrio Alves escrevia à margem de umas declarações sobre a situação na Quinta da Fonte.

Tentámos contactar o candidato mais bem posicionado para comentar esta disponibilidade do Eng.º Demétrio Alves para se candidatar à Junta de Freguesia de Frielas, mas parece que está de férias na terra da mulher, pelo que não nos foi possível obter quaisquer reacções. Este silêncio pode bem significar o mal-estar que esta disponibilidade está a causar no seio da família do candidato mais bem posicionado, cuja mulher, tanto quanto se sabe, sempre achou o Demétrio Alves muito charmoso.

Vamos continuar a acompanhar a situação e as implicações da mesma no aumento da cotação dos combustíveis no mercado negro de Bissau.
#
Estes três parágrafos têm tanto rigor jornalístico como a notícia divulgada pela Loures TV. De concreto e substantivo, verificável e verdadeiro, sobre o conteúdo das declarações de Demétrio Alves, apenas a citação que se faz do texto do próprio. Aliás, como o texto foi publicado aqui no Palácio, foi lido, pelo menos duas vezes. Depois de ler a notícia na Loures TV. O texto voltou a ser lido mais uma vez e ainda outra, mas de trás para a frente, para perceber se existia outro sentido nas palavras. Mas não! Em lado nenhum do texto se lê que Demétrio Alves equaciona uma candidatura à Presidência da Câmara Municipal de Loures. Lê-se que tem recebido convites para se candidatar, não diz onde, nem sequer se os convites são todos para a mesma candidatura. Mas a Loures TV conseguiu ler uma candidatura como cabeça de lista da CDU em Loures! Assim, lançou-se na busca de reacções de terceiros, muito antes de ter conseguido sequer chegar à fala com o próprio para os devidos esclarecimentos. Creio mesmo que quando esta notícia lhe chegar aos ouvidos, desabafará um sonoro "bando de loucos".

Declara-se oficialmente aberta a Silly Season!

7 comentários:

Anónimo disse...

Os camaradas já tremem! Pelo sim pelo não o melhor é já ir afastando uma hipotetica candidatura independente. Pois o PC tem outros voos que não passam pelo Demétrio, penso eu de que!

Swt disse...

Ontem enviei os elementos que pediu. Recebeu?

Anónimo disse...

Em texto difundido em vários blogues da especialidade, o ex-presidente da Câmara Municipal de Loures afirma “…É por estas e por outras que sou obrigado a ponderar a hipótese de, aceitando convites que me têm vindo a ser insistentemente dirigidos, candidatar-me para voltar ao activo político, de forma a poder ter a hipótese de clarificar, por uma vez, as várias insinuações caluniosas…” Demétrio Alves escrevia à margem de umas declarações sobre a situação na Quinta da Fonte.

Existem naturalmente outras formas de "clarificar", por uma vez, as várias insinuações caluniosas sem ser através do regresso ao "activo politico". Basta apenas que essas clarificações sejam esclarecedoras e convincentes e acima de tudo verdadeiras. O que se afigura naturalmente dificil de fazer dada a realidade do passado que a história e o tempo não deixam que se apaguem!

José Gonçalves disse...

Pois é.
Deixem o sr. eng. alves em paz, que se faça convidado, logo se verá, torne-se independente !
Mal vai o partido que precisa de convidar candidatos, que, segundo palavras do próprio, abandonou a cargo, em protesto (?!?!?!?!), na altuara não se notou.
Ou foi forçado a fazê-lo, pelas suas ligações a certa construtora?.
Procurem gente nova e limpa, no âmbito da CDU, muitos existem.
Dignifiquem-nos, oh! poderosas elites!

Anónimo disse...

E o Hugo Boss, que é feito dele?

Anónimo disse...

Em Maio de 2007 foi assim:

in Setubal na rede:

"Demétrio Alves demite-se do Polis de Setúbal

O director executivo da Sociedade Setúbal Polis, Demétrio Alves, apresentou a sua demissão do cargo, por considerar que a sua manutenção estava a ser usada como arma de arremesso político. Ao “Setúbal na Rede” disse que, segundo informações que lhe foram transmitidas, Fonseca Ferreira, presidente da Comissão de Coordenação Regional da Lisboa e Vale do Tejo e representante do Estado naquela sociedade, “vinha colocando com alguma insistência que, e por motivos de reequilíbrio político, o director executivo deveria ser mudado”.

Também foi parecido, em 1999, na Câmara Municipal de Loures!

Será que este Eng.º por onde passa sai sempre aos trambolhões?

Quem será que está mal, ele ou os outros todos?

Anónimo disse...

O PC tem os votos que tem nas eleições; o PS tem o que se sabe. Quem está mal, sr. "anónimo - 23 de Julho de 2008 17:40": São os comunistas ou são os outros todos?
Manel