2007/08/11

NA CASA DO VIZINHO III


MAIS DE QUARENTA ANOS SODOMIZADOS POR UM SANTO, CELIBATÁRIO E HUMILDE. TIVEMOS OU NÃO AZAR?


«Os fascismos eram demagógicos, populistas, progressistas, industriais, ateus, racistas, urbanos. O espírito e a obra do professor Salazar é o contrário de tudo isso: elitista, conservador, rural, tradicionalista, crente, desconfiado dos custos do progresso, surdo ao clamor das massas, essencialmente humanista e democrata-cristão, inspirado nas encíclicas papais. Pode argumentar-se que os fascismos não eram pela democracia baseada nos partidos políticos e o dr. Salazar também não. Mas concluir que quem não é democrático é fascista, é boçal ou desonesto.»
m

José Hermano Saraiva, Álbum de Memórias
m

Do blogue Portugal dos Pequeninos

2 comentários:

João Gonçalves disse...

Desculpe lá a censura, mas essa do sodomizado não podia passar. A menos que ache que estes 33 anos são sexo anal por mútuo consentimento celebrado em actos eleitorais. Cumprimentos

António Câmara e Sousa disse...

Para faça sentido o comentário de João Gonçalves, animador do blogue Portugal dos Pequeninos, deixo aqui esta explicação.
Na visita ao blogue de onde retirei a citação de José Hermano Saraiva, deixei um comentário que está reproduzido no subtitulo do post.
João Gonçalves entendeu censurá-lo, mas teve a gentileza de me explicar porquê.

Reproduzo também a resposta que lhe remeti.

Parece que me censurou no meu comentário anterior. Está dentro do seu direito. Agradeço a visita que me fez e não removerei o comentário que lá deixou. Reproduzi o seu post e identifiquei a fonte porque entendo frutuoso o debate de perspectivas diferentes, mesmo que inconciliáveis. Concordo consigo que em muitos momentos, ao longo destes últimos 33 anos, tivemos de facto “sexo anal por mútuo consentimento celebrado em actos eleitorais”.
Desculpe se fui ofensivo quando utilizei o termo sodomizar, mas ele encerrava, tal como a expressão que utilizou, um sentido metafórico e nunca literal. Só assim tomei a liberdade de o empregar.
Obrigado