2009/11/22

"A SOMBRA DO QUE FOMOS"


O encontro com o passado é o mais exigente de todos os exercícios. Porque o passado, digerido, amaciado, burilado e comprimido pelos cilindros da memória daqueles a quem deixou marcas dolorosas, é sempre uma sombra, um pálido reflexo do presente que já foi.
“A sombra do que fomos” de Luís Sepúlveda é um desses exercícios.
O encontro de quatro antigos companheiros, “golpeados” em 1973 pela acção militar de Pinochet, para uma última operação “revolucionária” é o mote para o reencontro com um passado interrompido no momento em que este se mobilizava para um outro futuro.

5 comentários:

Anónimo disse...

http://tv1.rtp.pt/noticias/index.php?t=Contrato-com-Espirito-Santo-Saude-para-gestao-de-Loures-assinado-este-mes.rtp&article=301544&layout=10&visual=3&tm=9

Anónimo disse...

Fantastico até ja o Luis chileno tem Facebook ,verdade ohhh Marques Assinado : Jorge Fascista!

tempus fugit à pressa disse...

a sombra do passado

é a sombra do que queriamos ser

não do que fomos

a memória falha tanto no presente

como no futuro que se fez passado

dytudtyujdytdgh disse...

a片免費看
av性愛
av女優
av女優拍片直播
a漫
a漫卡通
hoya娛樂城
h漫
mlb投注

成人文學 disse...

性交性愛兩性做愛直播
全裸美女寫真集
玩運彩
自拍貼圖
自慰成人影片線上看
自慰視頻影片
炫海娛樂城
六合彩
新的娛樂城